Internado em São Paulo após cirurgia feita no domingo (8), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) apresenta evolução favorável nesta quinta (12) e deve reassumir a Presidência nesta sexta (13). O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) ocupa interinamente o cargo.

Os médicos não informaram uma previsão de alta do presidente ou quando ele deve retornar a Brasília. É esperado, no entanto, que ele saia do hospital no domingo (15).

Há uma ala reservada no Hospital Vila Nova Star, na zona sul de São Paulo, para que o presidente trabalhe a partir de sexta. As salas abrigam sua equipe médica e de segurança, além dos familiares.

A cirurgia para correção de uma hérnia no abdômen foi a quarta pela qual Bolsonaro passou desde que sofreu um ataque à faca durante a campanha eleitoral no ano passado.

Bolsonaro segue com uma sonda nasogástrica e em jejum oral, se alimentando somente pelas veias. A previsão, no entanto, é que a sonda seja retirada ainda nesta quinta ou na sexta, quando o presidente passará a ter uma dieta líquida, baseada em chá, caldo ralo e gelatina.

O boletim médico desta quinta destaca que Bolsonaro está “sem dor, afebril e com recuperação progressiva dos movimentos intestinais”. A cicatriz da cirurgia também tem bom aspecto.

O presidente segue fazendo fisioterapia e caminhadas, para estimular os movimentos do intestino.

As visitas continuam restritas. Acompanham o presidente no hospital a primeira-dama Michelle Bolsonaro e o filho Carlos Bolsonaro.

Folha PE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here