No último sábado (13) a comunidade indígena Truká, em Cabrobó, recebeu a visita de duas das 5 representantes do grupo Juntas, Joelma Carla e Kátia Cunha, as deputadas ouviram as demandas da comunidade e conheceram a cultura indígena local.

Na visita ficou acordado que o mandato coletivo das deputadas irão fazer intervenções junto aos órgãos responsáveis pela reforma da pista e da ponte da Ilha de Assunção, como também uma conversa com o Governador Paulo Câmara.

Além da necessidade da pista, a reivindicação foi também as estradas vicinais para escoação da produção de frutas.

A líder indígena e vereadora de Cabrobó, Pretinha Truká falou cobre a visita. “Conversamos sobre o incentivo técnico e financeiro na área da agricultura, sobre nossa infraestrutura e sobre um ponto muito importante, que é a educação indígena, na visita as representantes conheceram nosso Centro Cultural Indígena, nosso povo, nossa cultura e ficaram encantadas com a nossa riqueza, e se comprometeram em sempre estar ao lado de nossas lutas.

JUNTAS – Pela primeira vez na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), um grupo de cinco mulheres ocupar uma das 49 vagas da casa. Sob o codinome “Juntas”, o grupo é filiado ao PSOL, e é formado pela jornalista Carol Vergolino, pela estudante de letras Joelma Carla, pela ambulante Jô Lima, pela professora Kátia Cunha e pela advogada Robeyoncé Lima.

Fonte:Didi Galvão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here