Uma alvorada, nas primeiras da manhã desta segunda-feira (11),encerrou a 75ª Festa do Vaqueiro de Morada Nova, organizada e promovida pela  Associação dos Vaqueiros e Criadores de Morada Nova (AVCMN). A programação teve início na última quinta-feira (7). O seu momento mais marcante foi a cavalgada até o Parque de Vaquejada João de Deus Girão, no fim da tarde da sexta-feira (8), onde foi celebrada a Missa do Vaqueiro, na Capela de Nossa Senhora de Aparecida.

Segundo representantes da AVCMN este ano o cortejo especial, de aproximadamente 5 quilômetros, contou com aproximadamente 300 vaqueiros e mais de 1.500 cavaleiros, incluindo mulheres e crianças. À frente da cavalgada, os batedores, vestidos à caráter, com suas roupas de couro, acompanhavam a presidente da Associação dos VaqueirosFátima Andrade Girão de Oliveiraaplaudidos pelo público que assistia o desfile no seu percurso.

Uma alvorada, nas primeiras da manhã desta segunda-feira (11), deverá encerrar a 75ª Festa do Vaqueiro de Morada Nova, organizada e promovida pela Associação dos Vaqueiros e Criadores de Morada Nova (AVCMN). A programação teve início na última quinta-feira (7). O seu momento mais marcante foi a cavalgada até o Parque de Vaquejada João de Deus Girão, no fim da tarde da sexta-feira (8), onde foi celebrada a Missa do Vaqueiro, na Capela de Nossa Senhora de Aparecida.

Segundo representantes da AVCMN este ano o cortejo especial, de aproximadamente 5 quilômetros, contou com aproximadamente 300 vaqueiros e mais de 1.500 cavaleiros, incluindo mulheres e crianças. À frente da cavalgada, os batedores, vestidos à caráter, com suas roupas de couro, acompanhavam a presidente da Associação dos Vaqueiros, Fátima Andrade Girão de Oliveira, aplaudidos pelo público que assistia o desfile no seu percurso.

Mais de 300 vaqueiros e vaqueiras, vestidos com suas indumentárias especiais participaram da cavalgada.

Quando a cavalgada cruzou a Lagoa Salina, diante da Secretaria de Cultura e Turismo do Município, recebeu uma homenagem especial da secretária Socorro Leitão Machado e da sua equipe. Era uma forma simples de demonstrar a importância da tradição mantida pela Associação na “Terra do vaqueiro“, como Morada Nova é conhecida, explicou a gestora destacando a união dos associados para a realização da festa especial.

Além das famílias de cavaleiros até os motociclistas acompanharam o desfile até o Parque de Vaquejada.

Este ano a Festa contou com o apoio da administração municipal teve início nesta quinta-feira (7) e segue até a próxima segunda-feira (11), dia dedicado ao vaqueiro no Município. Na noite da abertura, no Espaço Cultural Moacir Bezerra da Silva, no Parque de Vaquejada, foram entregues comendas a personalidades relacionadas com a atividade do vaqueiro. Em seguida foi realizado o leilão no Pavilhão Zé Almir Girão. A arrecadação é destinada à manutenção das atividades da Associação dos Vaqueiros.

Pelo segundo ano consecutivo a Missa do Vaqueiro foi realizada na capela do Parque de Vaquejada. Nos últimos 73 anos a bênção havia ocorrido na Igreja Matriz, no Centro da cidade. Todavia, apesar da mudança de local, os vaqueiros, a diretoria da AVCMN e fiéis lotaram o pátio do parque. A missa foi celebrada pelo padre Jociel Mota.

 

Quando a cavalgada cruzou a Lagoa Salina, diante da Secretaria de Cultura e Turismo do Município, recebeu uma homenagem especial da secretária Socorro Leitão Machado e da sua equipe. Era uma forma simples de demonstrar a importância da tradição mantida pela Associação na “Terra do vaqueiro“, como Morada Nova é conhecida, explicou a gestora destacando a união dos associados para a realização da festa especial.


Este ano a Festa contou  com o apoio da administração municipal teve início nesta quinta-feira (7) e segue até a próxima segunda-feira (11), dia dedicado ao vaqueiro no Município. Na noite da abertura, no Espaço Cultural Moacir Bezerra da Silva, no Parque de Vaquejada, foram entregues comendas a personalidades relacionadas com a atividade do vaqueiro. Em seguida foi realizado o leilão no Pavilhão Zé Almir Girão. A arrecadação é destinada à manutenção das atividades da Associação dos Vaqueiros.

Pelo segundo ano consecutivo a Missa do Vaqueiro foi realizada na capela do Parque de Vaquejada. Nos últimos 73 anos a bênção havia ocorrido na Igreja Matriz, no Centro da cidade. Todavia, apesar da mudança de local, os vaqueiros, a diretoria da AVCMN e fiéis lotaram o pátio do parque. A missa foi celebrada pelo padre Jociel Mota.

Diário Sertão Central

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here