Policiais civis de Pernambuco têm férias suspensas a partir de abril

Policiais civis foram surpreendidos, nesta semana, com uma portaria que suspende as férias previstas para o mês de abril. A medida está relacionada à necessidade do reforço da segurança pública para acompanhar as ações de combate à pandemia do coronavírus em Pernambuco.

A preocupação dos policiais, porém, é que a suspensão das férias se estenda pelos meses seguintes, já que a previsão mais otimista do Ministério da Saúde é de que a pandemia dure até setembro.

“A priori, abril. Mas certamente as (férias) dos meses subsequentes também serão (suspensas)”, disse o presidente da Associação dos Delegados de Polícia de Pernambuco (Adeppe), Bruno Bezerra.

A portaria, assinada pelo subchefe da Polícia Civil de Pernambuco, Nehemias Falcão, informa que aqueles policiais que tiveram as férias suspensas em abril devem gozá-las somente a partir de agosto.

Falta de Equipamentos

A Adeppe informou que, ontem, solicitou à Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE) a adoção do sistema de trabalho remoto e de rodízio para a categoria. A associação denuncia que a maior parte do efetivo não recebeu os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) necessários para atender o público e conter a transmissão comunitária do coronavírus no Estado.

 

 

Fonte: www.opovomanoticia.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *