Bolsonaro manda recado de que não vai tolerar ‘fogo amigo’ contra seu ministro da Economia

O presidente Jair Bolsonaro surpreendeu nesta terça-feira (18) a plateia da posse do general Braga Netto na Casa Civil quando, no meio de seus discursos, fez uma defesa do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Sem que o tema estivesse público, Bolsonaro chegou a dizer que Paulo Guedes não pediu para sair do governo. Era uma operação para acalmar o chefe da equipe econômica e mandar um recado de que não vai tolerar “fogo amigo” contra ele.

Sentado em frente ao presidente, o ministro da Economia, com semblante sério, colocou a mão no peito e olhou para Bolsonaro em agradecimento.

O que não era público é que o ministro da Economia havia reclamado com o chefe dos ataques que vinha sofrendo de dentro do governo e do trabalho que alguns colegas estavam fazendo contra o envio da reforma administrativa ao Congresso.

Segundo interlocutores do ministro da Economia, Paulo Guedes disse que trabalhar neste ambiente fica muito complicado e difícil. Bolsonaro entendeu a mensagem de seu ministro e decidiu defendê-lo.

Fonte: Blog do Valdo Cruz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *