Na próxima segunda-feira (23) os vereadores Antonio de Antenor, Jaime Inácio e Pinheiro do São Miguel, do bloco da oposição ao governo Luciano Duque, ingressam com uma Moção de Repúdio contra a deputada federal Marília Arraes, que conquistou cerca de 11 mil votos em Serra Talhada.

Eles protestam contra a reação da deputada do PT, que durante entrevista, se irritou com uma pergunta do comunicador Giovanni Sá e ameaçou sair do ar. Durante o debate, o jornalista perguntou se não seria estelionato eleitoral, caso a deputado se lançasse como candidata a prefeita do Recife.

O povo que votou em mim em Serra Talhada sabia que eu era do Recife, sabia que eu era vereadora do Recife, sabia que a gente tinha uma militância no Recife“, disparou a petista, passando a limpo a sua posição perante o eleitorado sertanejo. Segundo Antonio de Antenor, a moção será em resposta ao comportamento desrespeitos não só com o jornalista, mas com os eleitores, caso a deputada se lance candidata na capital.

Reação
Mas a proposta pode ser derrotada em plenário. Foi apurado que a bancada governista, que segue a orientação do prefeito Luciano Duque, deve atropelar os oposicionistas, porque o prefeito não teria gostado do tom da entrevista no programa Frequência Democrática.

Farol de Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here