Cem militares do 72º Batalhão de Infantaria Motorizado (72º BIMtz) em Petrolina estão participando de um treinamento de pilotagem do programa Moto Amiga, cujo objetivo é reduzir o número de acidentes com motocicletas. Os cursos de Pilotagem Defensiva acontecem desde terça-feira (23) e prosseguem até amanhã (26), na sede do batalhão. No total são sete horas/aula, entre teóricas e práticas. As aulas são ministradas por instrutores da Honda, com o apoio da concessionária Pau Brasil Motos, e os cursos são certificados pela 8ª Ciretran/Detran-PE.

Entre os temas abordados estão a definição e elementos da pilotagem defensiva; condução em condições adversas; condução em situações de risco; ultrapassagens; derrapagem; ondulações e buracos; cruzamentos e curvas; técnicas de frenagem; uso de equipamentos de proteção; e manutenção correta das motocicletas.

De acordo com levantamentos, 70% dos acidentes de trânsito envolvem motos e, entre os principais motivos, estão a imprudência e a falta de equipamentos de segurança. Para tentar reduzir esses índices, além de cursos de pilotagem, o Moto Amiga realiza diversas ações preventivas, como palestras, educativas, dicas de pilotagem segura, e participação em operações da Lei Seca.

O programa é coordenado pela Assohonda (Associação Brasileira de Distribuidores Honda), através da NOA Nordeste II, Núcleo Operacional Assohonda, que atua nos estados de Alagoas, Pernambuco e Paraíba. Além de buscar uma aproximação com o público interessado em motocicletas, o Moto Amiga tem o objetivo de destacar ações que a Honda e suas concessionárias já vêm realizando para alertar todos os consumidores sobre como pilotar defensivamente.

Fonte: Carlos Britto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here