Na tarde desta segunda-feira  (03/06), às 16h, a Polícia Civil do estado de Pernambuco deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva e busca e apreensão em desfavor CÍCERO RODRIGUES DO AMARAL em razão da possível prática de crime de estupro de vulnerável cometido na zona Rural de Custódia. De acordo com as informações investigativas, a vítima teria sido abusada sexualmente, ao menos três vezes pelo investigado durante o trajeto da escola, sendo a última com agressões físicas e ameaças. Em razão dos fatos, a vítima não mais suportando, teria então contado à diretora da escola, sendo encaminhada ao conselho tutelar da cidade para fins de acompanhamento. O Conselho, por sua vez, repassou as informações preliminares à Policia Civil, através do Relatório Social e cooperou nas diligências policiais. Durante as investidas investigativas, foram encontrados vários indícios do delito, tais como preservativos no interior micro-ônibus, aparelhos telefônicos e a localização do lugar dos fatos.

Na apuração da ocorrência, foi noticiado também que a vítima teria sofrido ameaças pelo investigado, inclusive sendo submetida a intenso constrangimento fisico, conforme fotos arrolados no inquérito policial, e psicológico no último abuso para não contar a ninguém, circunstância que motivou a mudança de domicilio e cuidados pelo conselho tutelar.
Considerando a gravidade dos fatos, a autoridade policial, Dr. Andrei Rocha, representou pela prisão preventiva e busca e apreensão do investigado, contando com a ajuda do BEPI e da sua equipe da delegacia, durante a primeira investida policial.

O crime ganhou repercussão na cidade por ser tratar de criança de onze anos de idade. Após a realização do laudo traumatológico, o mesmo foi encaminhado à Cadeia Pública de Custódia e ficará à disposição da justiça.

(Fonte: Jornal Portal do Sertão)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here