Os médicos que irão suprir a saída dos Cubanos no ceará receberão quase R$ 12 mil de incentivo do governo do estado. O governador Camilo Santana (PT) sancionou nesta quinta-feira (20), a lei que cria o Programa Médico da Família Ceará, com edital previsto para o início de 2019.

“A demanda surgiu a partir da necessidade de preencher as vagas com a saída desses profissionais [cubanos], porém nosso intuito não é apenas substituir mas ampliar o Programa Mais Médicos e garantir a cobertura de 100% de atendimento médico na atenção primária”, disse

O pagamento da bolsa de R$ 11.865,60, mesmo valor pago no Programa Mais Médicos, além de oferecer curso de pós-graduação em “Atenção Primária à Saúde”, com duração de um ano, sob responsabilidade da ESP/CE. A graduação também somará pontos em seleções nas residências nos hospitais estaduais.

Para a implementação do sistema, a Secretaria da Saúde realizará uma convocação para adesão dos municípios ao Programa. “A Sesa está realizando um levantamento com a demanda dos municípios do interior do estado. A partir da adesão, o Governo do Ceará fará um aporte de recursos de acordo com o tamanho e as condições do município”, esclareceu Camilo Santana.Miséria.com.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here