O grupo suspeito de explodir banco em Águas Belas, nesta quinta-feira (8), morreu em uma troca de tiros com a polícia alagoana em Santana do Ipanema

Um grupo suspeito de explodir uma agência bancária em Águas Belas, no Agreste de Pernambuco, na madrugada desta quinta-feira (8), morreu em confronto com a polícia de Alagoas, estado vizinho, durante a tarde. De acordo com a Polícia Civil, 11 homens morreram. Não há registros de feridos, presos ou foragidos.

Segundo o delegado Fábio Costa, diretor da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic) e um dos coordenadores da Operação Cavalo de Tróia, alguns dos integrantes do grupo criminoso já estavam sendo investigados no estado. “Houve um assalto em Águas Belas e estávamos no encalço de alguns deles. Acabamos encontrando a residência onde estavam escondidos”.

Onze mortos

A casa em que a quadrilha se escondia está localizada no povoado Areia Branca, em Santana do Ipanema, sertão alagoano, a cerca de 35 quilômetros de Águas Belas. De acordo com delegado, cerca de 30 agentes, contando com o apoio do agrupamento aéreo em um helicóptero, montaram um cerco no local. “Quando nós demos voz de prisão para que eles saíssem da casa, eles começaram a disparar”, explicou. Na troca de tiros, não houve policiais feridos e nenhuma viatura foi atingida.

“É um milagre estarmos vivos. A troca de tiros foi intensa”, acrescentou o policial.

Ao todo, 11 suspeitos morreram no confronto. Até o momento da publicação desta matéria, as identidades dos mortos não tinham sido reveladas. “É um grupo que tinha explosivistas dos mais perigosos do Nordeste, que atuaram em diversos estados. Muitos deles eram conhecidos”, disse o delegado Fábio Costa.

Apreensões

Armas, incluindo fuzis, escopetas calibre 12 e pistolas, foram apreendidas no local. Os policiais também encontraram explosivos, dinheiro, e a caminhonete utilizada na ação em Águas Belas.

Os detalhes sobre a ocorrência serão repassados em uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira (9).Farol de Notiías

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here