O São Paulo decidiu não abrir o treino para a torcida na próxima sexta-feira, véspera do clássico contra o Palmeiras, válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. A informação foi divulgada pela Torcida Independente em sua conta no Twitter.

A reivindicação, inclusive, havia partido da própria organizada, que se mobilizou logo após o empate por 2 a 2 com o Botafogo, no último domingo. A ideia era lotar o CT da Barra Funda para incentivar os jogadores antes do Choque-Rei. No entanto, em decisão conjunta com a diretoria, a comissão técnica preferiu manter a atividade fechada.

Esta não é a primeira vez que a organizada teve negado o acesso ao CT. Antes do clássico contra o Santos, em setembro, diretoria e comissão técnica não liberaram a entrada da torcida.

Em março, contudo, antes do Choque-Rei válido pela primeira fase do Campeonato Paulista, os uniformizados conseguiram autorização para entrarem no centro de treinamento e apoiarem a equipe, então dirigida por Dorival Júnior. No dia seguinte, o São Paulo perdeu por 2 a 0 no Allianz Parque, culminando na demissão do técnico.

O clássico deste sábado é visto como uma final para os dois times. O São Paulo ocupa o terceiro lugar do Brasileirão com 52 pontos, apenas um a menos que o Palmeiras, líder do torneio. Segundo colocado, o Internacional tem a mesma pontuação da equipe alviverde, mas perde no saldo de gols.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here