Ex operários da empresa ENSA estão fazendo um protesto em frente ao Ministério da Integração Nacional que é responsável pela Transposição das águas do Rio São Francisco, para reivindicarem os quatro meses de atraso do pagamento dos seus direitos trabalhistas. Eles estão acampados em frente ao prédio há nove dias esperando uma resposta positiva sobre o pagamento destes direitos. Segundo um dos manifestantes, há quarenta e cinco dias foi pago um terço do valor que corresponde a duas medições e o restante deveria ser depositado em uma conta judicial, depois que fossem feitas as medições restantes, mas o Ministério da Integração alega que não existe mais dinheiro a receber. Ainda segundo o manifestante, quando as obras pararam, ficaram para trás vários locais para serem medidos e essas medições correspondem ao pagamento de 1.639 (mil seiscentos e trinta e nove) colaboradores. São pais de família que estão com aluguéis atrasados, prestações atrasadas, feira por fazer e dependem deste dinheiro para reorganizarem as suas vidas. Estão fazendo um protesto pacífico durante o dia e a noite comendo pão e café em um ano de eleições. O Blog do Pitel abre espaço para as partes se manifestarem sobre o assunto. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here